NEWS

News

cidade

PÁ, PÁ, PÁ, PÁ, PÁ, PÁ...

Estranhou a manchete?! Ela não tem nada de estranho. É o som da metralhadora dos vereadores da oposição atirando para todos os lados. Na sessão da última segunda-feira, 30/11, o líder da oposição, João Ramalho, criticou a mania do governo local de dar CTRL+C (copiar), CTRL+V (colar) de propsota de outros municípios toda vez que envia a Lei Orçamentária para ser aprovada na Câmara. Se em 2014, o orçamento era de 38 milhões de reais; pelo menos este ano o pedido não chegará mais do que 39 milhões.


Para Ramalho, soa estranho mesmo figurar no orçamento uma verba para o gabinete da vice-prefeita, Rita de Cássia, no valor de 720 mil reais uma vez que até hoje sequer ela teve uma sala própria. Talvez a inclusão da verba já no final de mandato seria para acalmar os ânimos depois da entrevista que Rita deu a um blogueiro da região. Na ocasião, ela demonstrou indignação ao fato de não poder trabalhar como gostaria - diferentemente de outros vice-prefeitos.

"O gabinete da vice-prefeita nem funciona. É mais um factóide. Foi colocado 720 mil reais para gastar com um peça fictícia!", disse Ramalho. Outro que não perde a deixa para atirar contra o prefeito e o secretário municipal de Obras é o vereador Jaci de Silvino. "Ele não está trabalhando. Entra dois milhões e trezentos. O que o prefeito está fazendo com este dinheiro. Ele não mostra, só coloca a gente para votar. Ele se esquece dos eleitores que ajudou a ele a chegar aonde chegou! O município tem duas patrols e nenhuma trabalha para o município. Quando aparece a enchedeira ta aí e quando você pede diz o secretário que não pode, não tem condições. Eu queria que esse prefeito dissesse para que veio. (...) A saúde não presta. A mãe veio para cá dizer que a saúde está maravilhosa. O amigo Gileno disse que do tempo que ele anda nunca faltou médico. Falta médico? Falta! Se os médicos não estão recebendo! Vem dinheiro para educação, para saúde. É por que o dinheiro da educação é Caduda que está fazendo as coisas". E concluiu atirando novamente para o secretário: "O carro-pipa está na mão do colega Adauto para fazer campanha. Para pedir tem de ajoelhar nos pés dele e se disser que vota nele, você recebe  a carrada de água!".

Falando em copiar, colar, o vereador Rivan Francisco aproveitou a deixa para criticar o departamento Municipal de Esporte que cobrou R$ 20,00 dos atletas na última corrida realizada no município, realizada durante o Aniversário de Poço Verde. "Para que essa inscrição na corrida Poço a Poço? Era um dia festivo!"


Sobre o tiroteio habitual, o prefeito Thiago Dória comentara à CNNPV que não dá atenção a isso! Já o secretário de Obras, nem vale a pena tentar o contato porque não atende mesmo. E a respeito da corrida, o diretor de Esporte, Antônio França, afirmara há algum tempo que a inscrição é revertida em premiação e gastos com a corrida.
PÁ, PÁ, PÁ, PÁ, PÁ, PÁ... Reviewed by Jorge Schalgter Leal on 08:34 Rating: 5

Um comentário:

Direitos reservados CNNPV - Poço Verde em 1o lugar! © 2017
Desenvolvido pela agência Elo Design

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

schalgter. Tecnologia do Blogger.